sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

um ciclo vicioso

Chegou a minha hora. É, chegou a hora de eu reaprender a escrever para mim, sem mais destinatários. Afinal foi essa a razão que me levou a entrar num mundo em que as palavras tem poderes sobrenaturais de nos descarregar a alma e lavar o coração. Nem sei bem porque isso mudou. Acho que é do amor. O amor tem mesmo dessas coisas, tem um poder quase que mágico, e secreto, de nos mudar. Mudar os pequenos pormenores do nosso intimo e nós nem damos conta disso. Deixamo-nos levar na crista da onda, até ela rebentar, e aí caímos em cheio no meio do mar. Dói o impacto, oh se dói. A água é quase sempre fria. Mas habituamo-nos. Habituamo-nos a nadar para sobreviver e ao frio que se instala no nosso coração. O amor não vai embora... mas começa a congelar, devagarinho. E então vai chegar o dia em que já não o vamos sentir, ou eu espero que assim seja. Quando esse dia chegar é sinal que aprendemos de vez que não precisamos de ninguém para sermos felizes. Não. Talvez não seja correcto dizer que aprendemos de vez, pois não? É que a vida acaba sempre por nos tramar e arranjar maneira de o amor voltar a derreter... e então o ciclo repete-se. É, é mesmo como um ciclo vicioso. Só é pena que não seja também harmonioso, como diriam os Toranja.

30 comentários:

  1. Adorei princesa, e olha o meu está a congelar **

    ResponderEliminar
  2. nem sempre é fácil conseguirmos deixar os destinatários de todas as nossas palavras! e, por não ser fácil, temos de nos despedir - e isso sim, sim é que é difícil! mas, para além de escreveres para alguém, tens de escrever inicialmente para ti fofinha! admiro muito a tua força, vai ser capaz <3

    ResponderEliminar
  3. sim querida, porque apesar de tudo eu gosto bastante dele e não queria perder a amizade dele, até porque ele para mim é como um melhor amigo :)
    espero que tenhas muita força e que te aconteça o mesmo que a mim **

    ResponderEliminar
  4. Sim, está na hora de escreveres também de felicidade! Força, princesa. (:

    ResponderEliminar
  5. tu consegues amor, se precisares já sabes, é só mandares mensagem

    ResponderEliminar
  6. também mal ligo agora, ando sem paciência :s eu sei princesa, obrigada <3

    ResponderEliminar
  7. por vezes é mais fácil falar com "estranhos" <3

    ResponderEliminar
  8. não quero falar disso meu amor, desculpa :x

    ResponderEliminar
  9. Pois, mas há pessoas que não acreditam que as pessoas ditas más não mudam para melhor.

    ResponderEliminar
  10. é isso mesmo fofinha. o blog acaba por se tornar no mundo daqueles que o partilham a tornamo-nos uma família! por isso já sabes, qualquer coisa podes falar <3

    ResponderEliminar
  11. de nada linda :)
    oh, princesa, olha que o orguho por vezes é muito muito cruel

    ResponderEliminar
  12. sei sim meu amor, há-de passar... :x
    tu sabes, que também te quero bem e estarei aqui, sempre! <3

    ResponderEliminar
  13. hoje não estou nada mesmo bem, fiquei mesmo chateada comigo própria :x

    ResponderEliminar
  14. Eu acredito nisso. E faz-me bastante confusão como é que algumas pessoas conseguem ser tão más que chegam ao ponto de maltratar seres que não se conseguem defender. s:

    ResponderEliminar
  15. é tanta coisa junta que até me esqueço das coisas de matemática, só me apetecia mandar uma cabeçada na parede pela minha estupidez :x

    ResponderEliminar
  16. juro-te, aposto que não vou tirar nada de jeito :x

    ResponderEliminar
  17. não sei não, acho que estou a ver a minha nota a ir embora :x

    ResponderEliminar
  18. eu tenho a certeza que vais conseguir linda *
    o amor muda-nos , mas cabe a nós e á nossa força mudar-nos outra vez .

    ResponderEliminar
  19. oh o problema é que já não faz sentido tentarmos, não para mim. passou meio ano desde que estou sem ele, sem nada dele. e agora assim do nada voltar a tentar? habituei-me a estar sem ele e estou a começar a sentir-me bem assim, sem ele, estou feliz. não quero voltar ao zero. :x

    ResponderEliminar