sexta-feira, 23 de março de 2012

yes, I'm lost

Tenho medo. Tenho medo disto que sinto. Medo desta felicidade que esconde todas as dores que ainda aqui vivem, tenho medo que este não seja o caminho certo e de me espetar a alta velocidade num muro de memórias passadas. Sei que fugir não é opção, mas é assim que eu consigo viver, é assim que eu consigo chegar ao céu e tocar na lua, sentir-lhe o amor que me tem e poder saltar nas nuvens ou pendurar-me nas estrelas enquanto ela sorri, enquanto sorrimos. É assim que eu sinto a paz interior emanar em mim e transbordar-me o coração. É a fugir da realidade, é a fingir que já não me importo, a fingir que esqueci. É assim nesta ironia que carrego esta cruz que chamam de vida. Eu não irei nunca escolher sofrer. Isso dói. Isso magoa. Isso... isso rouba-me a alma e deixa-me perdida nos confins do destino, sem sentido, sem vontade de  viver, com medo de respirar e com raiva de o coração continuar a bater. Isso não, isso eu não quero, não quero mais sofrimento, não quero mais lágrimas. Quero continuar assim, mas quero continuar assim sempre. Quero que isto passe sem mais grutas escuras onde a dor insiste entrar nem caminhos encobertos onde fujo da morte. Quero que isto se vá assim, como um pássaro que vai e não volta, como as folhas que caem no outono, como as flores que murcham no verão, como qualquer coisa mas que vá. Simples assim. Que vá e não volte. Eu só quero ser feliz sem medos, ser feliz sem mentiras, ser feliz apenas, é pedir muito? 

54 comentários:

  1. Ter medo é um dos actos mais humanos e genuínos.
    Ficarei a torcer para que encontres o caminho certo. Vais ver, quando menos esperares o sol se abre nas nuvens cinzentas e tudo ficará bem. :)
    Deixo-te com os melhores votos de melhoras rápidas

    ResponderEliminar
  2. De nada :) Oh , ainda bem que concordas querida :) gosto muito do teu blog*

    ResponderEliminar
  3. se precisares de falar, já sabes princesa. sim tenta, mas NUNCA desistes das coisas que realmente amas, sim ?

    ResponderEliminar
  4. não permitas que os teus medos te impeçam de viver, a vida nunca vai ser algo concreto, nunca vai dar-te certezas! se lutares e acreditares sempre em ti vais ver que é mais fácil ser feliz!

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente com este texto... Está lindo *-*

    ResponderEliminar
  6. correu mais ou menos amor. mas não correu mal, vá.
    e olha, não te percas, estou aqui<3

    ResponderEliminar
  7. adorei princesa, não tenhas medo :)

    ResponderEliminar
  8. foi a mamã que disse, mas sim, espero que sim:')

    ResponderEliminar
  9. Não é pedir muito, mesmo. Mas vais conseguir isto, princesa.

    ResponderEliminar
  10. Está lindo, mas não tenhas medo de nada princesa.

    ResponderEliminar
  11. Apostava aqui que escreveste isto a ouvir a a musica que tens no blog, não sei, tem o ritmo. Mas, gosto.

    ResponderEliminar
  12. Voltei minha princesinha linda. Tive muitas saudades tuas. Como andas? Desculpa a ausência. E olha, Parabéns linda <3

    ResponderEliminar
  13. Relembrando os momentos, os acontecimentos, os sorrisos, os olhares até mesmo as discussões do passado! :)

    ResponderEliminar
  14. Assim espero, tens nos a todas a apoiar-te :)

    ResponderEliminar
  15. ohhh :) estou a seguir-te, se quiseres segue-me tmbém.

    ResponderEliminar
  16. aceitarmos a realidade é meio caminho andado para ser feliz :)

    ResponderEliminar
  17. e eu já te disse que gosto muito de ti? oh:')

    ResponderEliminar
  18. oh isso é que tem de ser, cada um ter o que merecer :) e tu mereces toda a minha simpatia

    ResponderEliminar
  19. vou ser sempre eu mesma:) e tenho a certeza que a tua mamã também tem um orgulho enorme em ter uma filha como tu!

    ResponderEliminar
  20. não, quer dizer, aqui online, sim. mas nas minhas folhas nunca.

    ResponderEliminar
  21. hum, o pior é que eu não sei o que é melhor p mim...

    ResponderEliminar
  22. deixo? e olha.. não tenhas medo, o medo só atrapalha.

    ResponderEliminar
  23. sinceramente, acho que não fez nada. sabes? não senti. antes quando escrevia sentia que estava a cair. e agora não senti...nada

    ResponderEliminar
  24. mas aceitar a realidade não invalida que ela não doa querida

    ResponderEliminar
  25. obrigada amor <3
    tenho a certeza que vais conseguir ser feliz!

    ResponderEliminar
  26. Começo a achar que a distância... não ajuda.

    ResponderEliminar
  27. Sim, o facto de eu ser bastante fechado faz-me guardar cada sentimento numa caixinha dentro de mim.. e abro-a sempre que quiser ^^

    ResponderEliminar
  28. Não tens nada que agradecer princesa, estamos cá para nos apoiar-mos umas ás outras <3

    ResponderEliminar